Felipe Matos é Campeão da Old Stock e Eduardo Conradt leva o título na Opala 250

A Etapa Final Temporada 2020 da Old Stock Race não poderia ser mais emocionante, recheada de muita adrenalina, com duas vitórias de Pimenta, que ainda não havia vencido em 2020 e dois pilotos separados por apenas um ponto decidindo o título da quinta temporada debaixo de uma chuva torrencial na segunda prova. Pela Opala 250 Alberto Scarasati venceu a primeira prova e Carlos Freire foi o ganhador da segunda prova que teve Eduardo Conradt, Giovani Almeida e Christian Cordeiro disputando o título da categoria.

Eduardo Conradt e Felipe Matos, Campeões de 2020. Foto: Anthony Kunze/OSR


Largada da primeira prova. Pimenta se coloca entre Helal e Matos. Foto: Humberto Silva/OSR


Rodrigo Helal, um dos candidatos ao título fez a pole position no sábado (19) com o tempo de 2min01s414 e Felipe Matos, o segundo candidato, foi o segundo mais rápido completando a primeira fila. Na largada, Pimenta do Opala 451, que largou na segunda fila, se colocou entre Helal e Matos, com Grego Lemonias ocupando a quarta posição. Na abertura da segunda volta os carros 37 e 22 da Opala 250 se encontraram no "S do Senna" e Giovani Almeida não conseguiu segurar seu carro, tocando o Opala 72 e depois na proteção de Pneus e enquanto isso, Pimenta assumia a liderança da prova.

O Safety Car foi acionado para a retirada de pedaços do carro 37 que ficaram na pista e após duas voltas a bandeira verde voltou a ser agitada, retomando a prova em ritmo normal, agora com Pimenta mantendo a liderança e abrindo a cada volta mais distancia do pelotão, deixando a disputa pelo título para os Opalas 113 e 93.

Pimenta ultrapassou Matos e Helal e foi em busca da primeira vitória do ano. Foto Humberto Silva/OSR


Felipe se manteve durante todas as voltas restantes muito próximo de Helal, sem conseguir a ultrapassagem e sendo assediado durante as voltas restantes por Grego Lemonias do Opala 18.

Pimenta foi o vencedor, com Helal em segundo, Felipe Matos em terceiro e Grego Lemonias em quarto. Completando o pódio, Molly Robson foi o quinto e Marcos Philippi o sexto.


Confira o resultado da primeira prova na Old Stock Race:

1 451 Pimenta

2 113 Rodrigo Helal

3 93 Felipe Matos

4 18 Georges Lemonias

5 11 Molly Robson

6 64 Marcos Philippi

7 777 Rogerio Barbato

8 31 Glauco Barros

9 333 Ciro Paciello

10 21 Everson de Paula

11 9 Marco Maragno

12 28 Matheus Martins

13 6 Rodrigo Dimas

14 12 Fabio Mencarelli

15 331 Christiano Julio

16 1 Evandro Camargo

17 52 Marcelo Ferraz


Pódio da primeira Prova Old Stock Race. Foto>: Anthony Kunze/OSR


Na Opala 250 Alberto Scarasati no Opala 3311 venceu a prova com Carlos Freire em segundo e Perseu Alarcon em terceiro. Completando o pódio Rodrigo RDA ficou em quarto, Eduardo Conradt em quinto e Sandro Sproesser em sexto.


Alberto Scarasati venceu a primeira da Opala 250. Foto: Anthony Kunze/OSR


Confira o resultado da primeira prova na Opala 250:

1 3311 Alberto Scarasati

2 281 Carlos Freire

3 68 Perseu Alarcon

4 69 Rodrigo RDA

5 22 Eduardo Conradt

6 222 Sandro Sproesser

7 43 Rodrigo Silva

8 88 Renato Braz Gaspar

9 3333 Cristian Julio

10 37 Giovani de Almeida

11 72 Rogerio Mendes

12 73 Konrad Viehmann


Pódio primeira prova Opala 250. Foto: Anthony Kunze/OSR


No período da tarde os Opalas e Caravans das duas categorias alinharam no grid para a disputa da última prova do ano, e na largada Felipe Matos tomou a frente do pelotão chegando ao final da reta com Grego Lemonias ao seu lado, chegando a tocar no Opala 93 que fez a primeira curva na área de escape por conta disso.


Largada da segunda prova. Foto Humberto Silva/OSR


A chuva também chegou ainda na primeira volta dando um tempero a mais na prova, agora com Felipe Matos na liderança, seguido de Grego Lemonias e Pimenta. Na segunda volta já com muita água na reta oposta Matos teve muita dificuldade em segurar seu carro contornando a curva do lago usando a área de escape e sendo ultrapassado por Grego, Pimenta e Helal no laranjinha.


Já na largada, o céu escureceu em Interlagos. Foto: Humberto Silva/OSR


Helal enfrentou mais um problema, pois limpador de para brisas do Opala 113 parou de funcionar, dificultando mais ainda sua vida. Grego Lemonias rodou no bico de pato e ficou entre Helal e Matos enquanto Pimenta abria mais distancia ainda do pelotão. Molly Robson conseguiu a ultrapassagem sobre o Opala 113 que passou a ter um ritmo muito abaixo do normal, chegando a rodar e ser ultrapassado também por Marcos Philippi.


Uma falha no limpador de para-brisas prejudicou Helal na busca do título. Foto: Humberto Silva/OSR


Pimenta levou seu Opala 451 ate a linha de chegada mais uma vez recebendo a bandeira quadriculada em primeiro lugar e vencendo também a segunda prova. Grego Lemonias foi o segundo, Felipe Matos foi o terceiro. Completando o pódio, Molly Robson ficou em quarto, Marcos Philippi foi o quinto e Rodrigo Helal o sexto.

Com o resultado, Felipe Matos confirmou a vitoria no campeonato ultrapassando Rodrigo na pontuação.


Pimenta comemorou ao seu estilo a segunda vitória do dia. Foto: Humberto Silva/OSR


Confira o resultado da segunda prova da Old Stock Race

1 451 Pimenta

2 18 Georges Lemonias

3 93 Felipe Matos

4 11 Molly Robson

5 64 Marcos Philippi

6 113 Rodrigo Helal

7 1 Evandro Camargo

8 28 Matheus Martins

9 9 Marco Maragno

10 21 Anderson Marossi

11 333 Ciro Paciello

12 331 Christiano Julio

13 777 Rogerio Barbato

14 31 Glauco Barros

15 12 Fabio Mencarelli

16 6 Alex Dimas


Pódio da segunda prova. Vitória de Pimenta e título de Felipe Matos. Foto: Anthony Kunze/OSR


Na classe Old Man, para pilotos acima de 55 anos, o vencedor foi Pimenta, com Georges Lemonias em segundo, Marcos Philippi em terceiro e Ciro Paciello completando o pódio. Com o resultado, Marcos Philippi ficou com o título de campeão e Ciro Paciello com o de vice.


Pódio da Old Man, vitória de Pimenta e o título de Marcos Philippi. Foto: Anthony Kunze/OSR


Na Opala 250, destaque para Carlos Freire, que fez uma excelente prova levando sua Caravan 281 ate a linha de chegada em primeiro lugar, com Perseu Alarcon chegando em segundo e Eduardo Conradt em terceiro. Completando o pódio Sandro Sproesser foi o quarto, Rogerio Mendes o quinto e Luiz Blessed o sexto.


Carlos Freire e a "Cheirosa" 281, vencedor da segunda prova na Opala 250. Foto: Anthony Kunze/OSR

Confira o resultado completo da segunda prova da Opala 250:


1 281 Carlos Freire

2 68 Perseu Alarcon

3 22 Eduardo Conradt

4 222 Sandro Sproesser

5 72 Rogerio Mendes

6 69 Luiz Blessed

7 3333 Cristian Julio

8 43 Rodrigo Silva

9 73 Konrad Viehmann

10 37 Giovani de Almeida

11 88 Renato Braz Gaspar

12 3311 Alberto Scarasati


Pódio da segunda provada Opala 250. Foto: Anthony Kunze/OSR


Com o resultado, Eduardo Conradt foi confirmado o campeão da temporada 2020 na Opala 250 e Perseu Alarcon ultrapassou em pontos Giovani Almeida e Christian Julio, ficando com o Vice Campeonato.


Confira alguns momentos das duas provas deste final de semana:



A Old Stock Race e Opala 250 voltam em 2021 ainda sem as datas de provas definidas, mas prometendo muito mais emoção na próxima temporada!


Os Opalas e Caravans da Old Stock Race e Opala 250 são equipados com pneus Pirelli, discos de freio Fremax e pistões AFP.


Fotos: Humberto Silva/OSR e Anthony Kunze/OSR


Sergio Rodrigues

Assessoria de Comunicação



Posts Em Destaque