Helal vence de ponta a ponta na Old Stock Race e Viehman fatura pela Opala 250.


Largada primeira prova. Foto: Humberto Silva/OSR


A primeira prova da Old Stock Race válida pela segunda etapa de 2021 teve a vitória de Rodrigo Helal, piloto do Opala 113 com uma boa vantagem para o segundo colocado Felipe Matos.


Helal largou na ponta e foi ameaçado por Felipe Matos e Thiago Lourenço na primeira curva, mas conseguiu se manter na liderança. Matos foi atacado por Lourenço do Opala 52 na primeira volta, sendo ultrapassado na curva do lago, mas sem se distanciar do oponente. O pelotão que vinha atras dos ponteiros se enroscou na entrada do S do Senna e 6 carros fizeram a curva pelo lado de fora da pista, mas sem nenhum choque. Na sequência, Matheus Martins perdeu o controle do seu Opala 28 na curva do lago e atingiu Grego Lemonias e em seguida Pimenta. Grego ainda voltou em último no pelotão e Pimenta abandonou logo em seguida.

Um dos destaques da prova foi Luiz Zapelini que largou em último e escalou o pelotão, terminando a prova em quarto lugar na geral fazendo. Amaury Biem também vinha muito bem mas um problema tirou suas chances de uma boa pontuação e o piloto terminou apenas na 18ª colocação.




O resultado da primeira prova ficou assim:


1. 113 Rodrigo Helal em 24min26s419

2. 93 Felipe Matos a 11s485

3. 52 Thiago Lourenço a 21s130

4. 22 Luiz Zapelini a 41s775

5. 9 Marco Maragno a 42s137

6. 64 Marcos Philippi a 48s155

7. 777 Rogerio Barbato a 48.s489

8. 79 Daniel Alberici a 51s186

9. 18 Georges Lemonias a 55s885

10. 1 Evandro Camargo a 57s991

11. 12 Fabio Mencarelli a 1min24s397

12. 7 Amaury Biem a uma volta

13. 25 Pedro Gomes a 4 voltas

14. 28 Matheus Martins a nove voltas

15. 17 Ricardo Alvares a 11 voltas

16. 51 Pimenta sem tempo

17. 31 Francisco Farinos sem tempo



Helal venceu de ponta a ponta a primeira prova. Foto: Humberto Silva/OSR


Pela Opala 250 Anderson Marossi do Opala 60 largou bem e vinha se distanciando em relação aos demais da categoria, mas foi ultrapassado por Konrad Viehmann e depois por Carlos Freire. Viehmann se manteve na ponta e Freire foi ultrapassado por Marossi que chegou em segundo deixando o terceiro lugar para a Caravan 281.


Viehman e Marossi disputando curva a curva. Foto: Humberto Silva/OSR


O resultado na Opala 250 ficou assim:


1. 73 Konrad Viehmann em 25min32s288

2. 60 Anderson Marossi em 25min42s864

3. 281 Carlos Freire em 25min42s893

4. 71 Alessandro Santiago em 25min54s436

5. 122 Eduardo Conradt em 26min04s746

6. 65 Marcio Nasser em 26min28s471



Viehman fatura mais uma na Opala 250. Foto: Humberto Silva/OSR


Foto: Humberto Silva/OSR

Por Sergio Rodrigues

Comunicação Old Stock Race



Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square