Buscar
  • por Sergio Rodrigues OSR

Rafael Lopes e Ricardo Alvarez vencem a primeira etapa do ano



Em duas provas de tirar o fôlego a Old Stock Race agitou o domingo em Interlagos com arquibancadas repletas de amantes dos clássicos do automobilismo nacional que vieram de várias cidades e estados com amigos e familiares, para participar da festa de abertura do campeonato.


Clima de confraternização nas arquibancadas e na pista os pilotos alinhados para a abertura de mais uma temporada, a quinta da categoria. Após duas voltas de apresentação o Safety Car se recolheu e com bandeira verde, cinco carros se juntaram ao pole position da etapa Grego Lemonias no final do S do Senna: Pedro Gomes, Evandro Camargo, Ricardo Alvarez, Pedro Pimenta e Rafael Lopes, mas o líder conseguiu contornar a primeira curva na frente e em segundo Evandro Camargo se destacou no pelotão, mas Pimenta conseguiu ultrapassar o terceiro colocado e foi em busca de Evandro, deixando para traz o piloto do carro numeral 1.

Quem também avançou e conquistou varias posições foi Rodrigo Helal, que passou a integrar o pelotão da frente, agora formado por Lemonias, Pimenta, Camargo, Philippi, Rafael Lopes e ele. Passadas algumas voltas, Lopes conseguiu ultrapassar o Opala 64 de Marcos Philippi e também Evandro Camargo, partindo para cima dois primeiros da prova, até emparelhar se com os Opalas 18 e 547 na subida do laranjinha proporcionando uma das melhores disputas já vistas na categoria, levantando o público presente no autódromo e na disputa, Pedro por dentro levou vantagem e Grego, que tinha ficado “espremido”entre os dois carros, perdeu também a posição para Rafael Lopes, que partiu para cima de Pimenta conseguindo a ultrapassagem indo em busca de mais uma vitória na categoria.


Faltando três voltas para o final, Helal Pimenta e Lemonias formaram um novo pelotão alternando as posições com vários toques entre os três e a direção de provas entendeu como atitude anti desportiva, punindo primeiramente os opalas 18 e 113 com 20 segundos acrescidos no tempo final de prova, mas substituindo a punição em seguida pela desclassificação dos dois carros e com isso, Evandro Camargo que era o quinto, finalizou a prova em terceiro, tendo à sua frente Pimenta em segundo e o vencedor Rafael Lopes.

Completando o pódio, Pedro Gomes do opala 22 em quarto, Felipe Mattos do opala 93 em quinto e Marcos Philippi com o numeral 54 em sexto.

Confira abaixo o resultado completo da primeira prova:


1. 547 Rafael Lopes em 24min58s680

2. 451 Pedro Pimenta a 11s998

3. 1 Evandro Camargo a 12s648

4. 22 Pedro Gomes a 17s460

5. 93 Felipe Mattos a 20s025

6. 64 Marcos Philippi a 22s707

7. 3 Ricardo Alvarez a 28s746

8. 9 Marco Maragno a 29s100

9. 12 Fabio Mencarelli a 1min10s343

10. 777 Rogerio Barbato a 1min31s807

11. 7 Amaury Biem a 2min00s245

12. 31 Glauco Barros a 2 voltas

13. 333 Ciro Paccielo a 2 voltas

14. 303 Cristian Cordeiro a 7 voltas

15. 38 Rodrigo Giordano a 7 voltas

16. 331 Christiano Julio a 12 voltas

17. 113 Rodrigo Helal - DQ

18. 18 Georges Lemonias DQ


A prova de complemento da primeira etapa teve o estreante Kleber “Eletric” Barcelos, parceiro de Rafael Lopes para esta temporada, ocupando a primeira posição no grid, com Daniel Kelemen, que agora também corre em dupla com Pedro Pimenta completando a primeira fila.

Já na largada, Kelemen foi ultrapassado por Felipe Matos que pulou de quinto para segundo trazendo com ele Ricardo Alvarez, Evandro Camargo e Marcos Philippi. Matos fez a ultrapassagem sobre Eletrick no final da reta principal na abertura da segunda volta, enquanto Marcos Philippi e Ricardo Alvarez ultrapassaram Evandro Camargo, mas no laranjinha Philippi abriu demais a curva, cedendo a posição para Alvarez que agora partiu em busca dos lideres.

Lemonias que largou em último passou na segunda volta em sexto lugar, chegando a ficar em quarto, posição que manteve ate o final da prova. Helal, que também cumpriu punição na primeira prova, teve o mesmo desempenho, ficando em sexto lugar no final da prova enquanto que o segundo pelotão teve disputas acirradas para saber quem completaria o pódio da prova.

Lá na frente, Alvarez e Eletrick fizeram uma prova à parte alternando a liderança curva a curva durante praticamente todo o tempo e na ultima volta Alvarez se aproveitou de uma escapada de Kleber na saída do lago e tomou a frente, com seu adversário insistindo ainda na ultrapassagem, mas Ricardo se manteve na ponta, cruzando a linha de chegada em primeiro. Completando o pódio Felipe Matos ficou em terceiro, Grego Lemonias em quarto, Marcos Philippi em quinto e Rodrigo Helal em sexto.

Abaixo o resultado completo da segunda prova:


1. 3- Ricardo Alvarez com 25min03s793

2. 547-Kleber “Eletric” Barcelos a 0s832

3. 93 Felipe Mattos a 4s747

4. 18 Georges Lemonias a 14s847

5. 64 Marcos Philippi a 15s389

6. 113 Rodrigo Helal a 15s479

7. 451 Daniel Kelemen a 21s667

8. 38 Vinicius Pimentel a 45s141

9. 333 Ciro Paccielo a 49s972

10. 7 Amaury Biem a 56s780

11. 31 Glauco Barros a 57s227

12. 12 Fabio Mencarelli a 57s324

13. 22 Alexandre Navarro a 1min11s245

14. 1 Evandro Camargo a 1 volta

15. 9 Marco Maragno a 4 voltas

16. 331 Christiano Julio a 8 voltas

17. 777 Rogerio Barbato a 11 voltas

18. 303 Cristian Cordeiro a 11 voltas

As duas provas da etapa tiveram a transmissão ao vivo pelo Youtube e a reprise pode ser vista em nosso canal oficial clicando no link www.youtube.com.br/oldstockraceoficial


Os Opalas da Old Stock Race voltam ao Autódromo de Interlagos dia 17 de Maio para as emoções da segunda etapa da temporada 2020.


Old Stock Race – A Emoção Está de Volta!


Os Opalas da Old Stock Race são equipados com Pneus Pirelli, Discos de Freio Fremax e Pistões AFP


Fotos: Humberto Silva/OSR

0 visualização
  2018 © Old Stock Race - A Emoção Está de Volta!